Categorias do Blog
Arquivos

Bom dia Dr., pode completar a água do radiador?

Postado por em Últimas Notícias em Mar 21, PM . 0 Comentários.

 

Conheça um pouco mais sobre o Sistema de Arrefecimento do seu carro

A ideia desta matéria é esclarecer as principais questões relativas ao sistema de arrefecimento. 

Ainda existem muitas dúvidas em relação ao sistema de arrefecimento e à famosa “água” do motor: 

  • Para que serve?
  • Quando trocar o líquido de arrefecimento?
  • Como trocar?
  • Onde trocar?
  • Pode completar?

 

 

Funcionamento

O sistema de arrefecimento é o sistema que controla a temperatura do motor de um automóvel. Quando o sistema de arrefecimento trabalha na temperatura ideal o motor tem maior durabilidade, menor desgaste, maior economia de combustível, menos manutenção, emite menos poluentes e aumenta seu desempenho.

 

 

Componentes do sistema de arrefecimento

 

Líquido de arrefecimento

O líquido de arrefecimento, diferentemente do que a maioria pensa, não é composto apenas de água e sim de uma ​mistura de água desmineralizada com aditivo. As principais funções dos aditivos são: 

 

  • Inibir a corrosão das peças;
  • Prolongar a vida útil dos componentes do sistema;
  • Evitar que a água “ferva” em altas temperaturas ou congele em baixas temperaturas.

 
 

Dicas

Veremos à seguir 6 dicas relacionadas ao sistema de arrefecimento para evitar problemas futuros:​

 

1- Água da torneira, não!!!

Não se deve utilizar água de torneira para se misturar ao aditivo, pois contém cloro e sais minerais que podem provocar danos ao sistema de arrefecimento, como incrustações e corrosões.
O correto é utilizar Água desmineralizada (ou água desionizada), pois ela não possui os sais minerais, sendo ​própria para utilização no sistema de arrefecimento.

 
 
 
 
 

 2- Proporção da mistura água + aditivo

 A proporção de água e aditivo dever ser aquela indicada pelo  fabricante no manual do veículo, podendo variar de 40% a 60%  de cada um. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

3– Tipos de aditivos
Existem vários tipos de aditivos para o sistema de arrefecimento no mercado brasileiro, porém não existe uma cor específica para cada modelo de veículo. Deve-se utilizar sempre aquele recomendado no manual do fabricante do carro ou outro de mesma especificação. Procure sempre os produtos certificados e homologados pelo fabricante.

 

 

 

 

 4– Misturas prontas
 Outra boa opção para não cair em armadilhas na hora de trocar o líquido do sistema é usar  os produtos dois em um (encontrados em lojas de autopeças), ou seja, aqueles em que a  mistura do aditivo com a água já vem pronta, eliminando assim o risco de realizar a  combinação em proporções erradas. Porém, é bom lembrar que mesmo estes produtos dois  em um devem respeitar as especificações do manual do fabricante.

 

 

5– Troca do líquido de arrefecimento
Para evitar futuros problemas, recomenda-se que a troca seja feita por um profissional especializado, em local adequado e sempre no período indicado pelo fabricante conforme o manual. Existem fabricantes que indicam a primeira troca em torno dos 30 mil km ou 1 ano de uso, podendo chegar a até 120 mil km ou 5 anos, de acordo com o tipo de aditivo.

 

 

 

 

 

6– Atenção no Posto de Combustível
Ao parar em um Posto de Combustível e o frentista lhe oferecer para completar a água ou adicionar aditivo, observe os seguintes itens :

a) Se a água a ser utilizada é desmineralizada, se o aditivo é o indicado pelo fabricante e se a mistura está na proporção correta. Não recomendamos a utilização de água de torneira;

b) A abertura do radiador com o motor quente pode provocar queimaduras devido a ebulição do líquido;

c) No caso de você ter que parar em um posto por superaquecimento do motor (“motor ferveu”), atenção redobrada para que não seja jogada água fria no motor, pois, o mesmo estará extremamente quente e o choque térmico pode acarretar alguma trinca no bloco gerando grande custo para reparação.

Lembre-se : Se o nível da água estiver baixando com frequencia é sinal de vazamento no sistema. Recomendamos que seja feita uma revisão por um especialista. 

 

Seguindo estas dicas simples, você evitará problemas futuros e gastos desnecessários com seu veículo.

Verifique sempre os níveis dos fluidos do seu veículo e fique tranquilo para rodar!

​​

 

 

Especialista Responsável: Michel Sanches

Apoio: Carlos Moncau

​​

 

Se você acha que ajudamos você com este material, clique aqui e veja ​como podemos te ajudar muito mais!

 
 
 
 

Para mais informações, entre em contato com a WeCare Auto. Temos várias opções de pacotes de serviços  interessantes para cuidar de todos os assuntos do seu carro, inclusive as revisões periódicas. Nossos clientes têm conseguido uma economia média de até 30% com seus gastos com revisões ou pequenos reparos. Visite nosso site e conheça nossos pacotes.

 

 

WeCare Auto.

Mais cuidado para o seu carro.

Mais tempo pra você.

Tags: arrefecimento, aditivo, fluido, sistema arrefecimento, água, motor, desmineralizada Última atualização: May 19, PM

Comentários

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

* Nome:
* E-mail: (Não Publicado)
   Website: (url do site com http://)
* Comentário:
Wildcard SSL Certificates